ÁGUAS DE PORTUGAL EM IMAGENS


Captação de Valada Tejo, Cartaxo

A funcionar desde 1940, a Captação de Valada, no concelho do Cartaxo, é de origem superficial, captando água diretamente no rio Tejo que, depois de tratada, se destina a ser distribuída pela EPAL.

Barragem de Petrarouca
A construção de infraestruturas, como a Barragem de Petrarouca na região de Trás-os-Montes e Alto Douro, está associada à implementação de medidas de preservação da biodiversidade, neste caso, a construção de uma escada para a fauna aquática e a reflorestação de zona envolvente.

Barragem de Odelouca
A Barragem de Odelouca, com uma capacidade útil de armazenamento de água de mais de 100 milhões de metros cúbicos, é uma infraestrutura fulcral para o abastecimento de água à região do Algarve, garantindo um fornecimento contínuo e regular de água que permite evitar os constrangimentos inerentes aos anos de seca.

Albufeira da Apartadura
A Albufeira da Apartadura é uma das origens de água principais de abastecimento à região do Norte Alentejano, servindo os municípios de Castelo de Vide, Marvão, Nisa (Montalvão) e Portalegre e uma população de 34.263 habitantes.

ETA de Areias de Vilar, Barcelos
A ETA de Areias de Vilar, destinada a tratar a água captada no rio Cávado, foi uma das infraestruturas construídas no âmbito do plano de investimentos dos primeiros sistemas multimunicipais, tendo entrado em funcionamento em 1999.

ETA da Asseiceira, Tomar
A albufeira de Castelo de Bode é a principal origem da água que chega às torneiras dos consumidores da região da Grande Lisboa através do sistema de abastecimento da EPAL. A água é tratada na ETA da Asseiceira, uma fábrica que produz anualmente cerca de 160 milhões de m3 de água para consumo humano.

ETA de Alcantarilha, Silves
Com uma capacidade de produção de 259 mil m3 de água por dia (o mesmo é dizer de 3m3 por segundo), a ETA de Alcantarilha é constituída por três linhas de tratamento em paralelo, que garantem que, independentemente das flutuações no número de consumidores que caraterizam a região do Algarve, a água é fornecida com a qualidade e na quantidade necessárias. Seja Verão, seja Inverno.

ETA de Beliche, Castro Marim
A Estação de Tratamento de Água do Beliche, localizada junto à barragem do mesmo nome, tem uma capacidade de 13 000 m3/dia. Abrangendo os concelhos de Castro Marim e Vila Real de Santo António, a ETA do Beliche está preparada para servir uma população de 60 mil habitantes.

ETA de Lever, Vila Nova de Gaia
A ETA de Lever está integrada num Complexo localizado em Vila Nova de Gaia, do qual fazem parte as seguintes infraestruturas: três poços de captação em profundidade, duas estações elevatórias, duas subestações de energia, uma captação de água superficial, um reservatório de água bruta e outro de água tratada, uma unidade de pré-tratamento, uma unidade de tratamento de lamas, uma estação elevatória, um laboratório de processo, um centro de educação ambiental e um edifício de exploração. Na ETA de Lever produzem-se em média 270 mil m3 de água por dia para abastecer as regiões do Grande Porto e parte do Vale do Sousa, abrangendo 1,39 milhões de pessoas. A água tratada nesta infraestrutura é captada na albufeira de Crestuma-Lever (rio Douro).

ETA da Boavista, Coimbra
A nova ETA da Boavista, em funcionamento desde 2010, permitiu substituir as captações que estiveram ali instaladas desde 1969, estando dimensionada para servir as populações dos municípios de Coimbra, Miranda do Corvo, Mealhada, Condeixa-a-Nova, Lousã e Penela.

Adutora Jovim - Nova Sintra, Gondomar
A adutora de Jovim Nova Sintra faz parte das duas linhas de adução à cidade Porto, permitindo o transporte de cerca de 25.000 m3/dia a partir do reservatório de Jovim. Esta adução é feita de forma gravítica, permitindo uma poupança energética significativa.

Estação Elevatória de Alcanhões, Santarém
O processo de abastecimento de água às populações pode incluir a atividade de elevação, que consiste em levar, através de processos de bombagem, a água de pontos baixos para os altos.

Central de Comando - EPAL
É grande a quantidade e diversidade de ativos que constituem as várias etapas de tratamento de água e águas residuais, o que reforça a importância do seu controlo e monitorização.

Captação de Sta. Águeda, Castelo Branco
A albufeira de Santa Águeda, localizada no rio Ocreza, um afluente do rio Tejo, tem como uso principal o abastecimento público de água, estando aí localizada uma importante captação do sistema multimunicipal de Lisboa e Vale do Tejo.

ETA do Caldeirão, Guarda
A ETA do Caldeirão, localizada no município da Guarda, foi inaugurada em 2006 e tem um investimento associado de cerca de 11 milhões de euros. A infraestrutura serve os municípios da Guarda e de Pinhel, tratando a água captada na albufeira do Caldeirão.

Reservatório de Vilar de Mouros
A partir do reservatório de Vilar de Mouros, cuja água chega graviticamente da ETA de São Jorge, é feito o abastecimento a parte do município de Caminha,a todo o município de Vila Nova de Cerveira e à zona sul do município de Valença.

ETA de Monte Novo
Concluído em 2009, o investimento na ampliação e remodelação da ETA de Monte Novo, no concelho de Évora, teve por objetivo aumentar a capacidade de produção e alterar o processo de tratamento de forma a garantir o cumprimento das novas exigências de qualidade para a água para consumo humano.

ETA do Monte da Rocha
A AgdA - Águas Públicas do Alentejo opera numa área correspondente a cerca de 18% da área de Portugal Continental, com necessidades especiais devidas essencialmente à escassez de recursos hídricos e desenvolve um intenso programa de investimentos na construção de infraestruturas de tratamento de água para consumo e de águas residuais nos municípios abrangidos.

Atendimento ao Cliente Final
As empresas EPAL, em Lisboa; a AdRA, em Aveiro; e a Águas do Norte prestam serviços diretamente às populações através de sistemas municipais (sistemas em “baixa”) de abastecimento de água e de saneamento, abrangendo cerca de 1,2 milhões de pessoas.

ETA de Morgavel
A ETA de Morgavel é uma infarestrutura que faz parte do sistema de Água Industrial que tem origem no Rio Sado e compreende a captação, a adução, o tratamento, a armazenagem e a distribuição à Zona Industrial e Logística de Sines.