Prosseguimos uma missão de serviço público, gerindo um recurso estratégico essencial à vida e ao desenvolvimento humano, com uma visão de longo prazo, assente num modelo organizacional robusto e numa cultura ética forte.


A Política de Integridade do Grupo AdP apresenta a nossa visão sobre a ética e a integridade, consolidando o compromisso das empresas constituintes com um modelo de governação assente nos mais elevados padrões éticos, na transparência, responsabilidade e na excelência das práticas de gestão pública.

O Código de Ética e de Conduta é o instrumento orientador fundamental que apoia as nossas pessoas na compreensão das normas éticas do Grupo AdP e dá a conhecer aos nossos parceiros e outras partes interessadas os princípios que subjacentes à forma como desenvolvemos a nossa atividade.

O Regulamento de Denúncias Voluntárias de Irregularidades (Comunicação de Irregularidades) estabelece os procedimentos internos para a receção de comunicações voluntárias de desvios ao referencial ético do Grupo AdP, congregados na sua Política de Integridade e de denúncia de irregularidades e respetivo tratamento pela Comissão de Ética. Consistindo ainda num instrumento de sensibilização interna para uma atuação anticorrupção ou má governação, consciencializando os trabalhadores dos seus direitos e deveres e estabelecendo um regime de proteção de denunciantes.

Conselho de Ética
- António Correia de Campos (Presidente)
- Henrique Gouveia e Melo (Vice-presidente)
- Ana Monteiro de Sousa (Vogal)

Comissão de Ética 
- Fátima Borges, Presidente
- António Martins 
- Cristina Rebelo Pereira 
- José Luís Caseiro 
- Mariana Castro Henriques
- Marina Marques 
- Paulo Queirós 

Para contactar a Comissão de Ética:
Rua Visconde Seabra, nº 3, 1700-421 Lisboa
Endereço eletrónico: etica.adp@adp.pt
Linha telefónica: A disponibilizar brevemente